Programa de Compliance em Atividade


Neste dia 01 de novembro foi aprovada a versão final do Manual do SINDUSCON-PR/NOR e iniciado o programa de Compliance no Sindicato.

Após meses de preparação, com extensivas entrevistas e consultoria, preparação do canal de denúncia, elaboração do Código de Ética, nomeação de Diretor de Compliance e mapeamentos iniciais, o SINDUSCON-PR/NOR tem o orgulho de apresentar-se como um dos primeiros meses sindicatos do Brasil a implementar programa de Compliance.

Além dos pilares básicos como o Comprometimento da Alta Direção, Canal de Denúncia e Código de Ética, o Sindicato elaborou compromisso através do Manual de Compliance, que prevê a instituição de sistemas de controle para todas as atividades a serem realizados através de cronograma.


Irradiando Cultura Ética

“O Compliance sempre se inicia com o comprometimento da Alta Direção, mas nunca deve parar, por isso entendemos que a implementação do Programa de Compliance no Sindicato é um legado da atual Gestão, que deve inspirar cada uma das empresas do setor e da sociedade para a conduta ética”, segundo Eder Fabrilo Rosa, consultor jurídico do SINDUSCON-PR/NOR.


Prêmio Sinduscon

Neste ano, foi adotada como inovação do Prêmio Sinduscon a inclusão de consultoria para familiarização das construtoras com o Compliance e suas ferramentas de gestão.

O presidente Marcos Mauro dispõe que “o objetivo da introdução do Compliance como quesito do Prêmio tem o papel central e fundamental de dar o bom exemplo e disseminar a gestão da ética e seus benefícios, para mudar a forma de gestão das empresas, do setor e do país”.

Código de Ética do SINDUSCON-PR/NOR

Assim, apresentamos nosso Código de Ética para ser lido e assimilado por todos os funcionários, colaboradores, fornecedores e terceiros:

Código de Ética


Canal de Denúncia

Caso você encontre qualquer irregularidade nas condutas relacionadas ao Sindicato, seja com relação ao Código de Ética ou mesmo à Lei, denuncie aqui:


O canal de denúncia garante seu anonimato e se compromete, através dos seus sistemas, a investigar todos os comunicados de irregularidade contra qualquer de seus membros.