Publicidade

Publicado em 03/07/2020

Campanha Vem Morar é prorrogada: ainda dá tempo de participar!

A campanha Vem Morar da Caixa Econômica Federal foi prorrogada para o dia 30 de setembro.

Campanha Vem Morar é prorrogada: ainda dá tempo de participar!

A iniciativa, que conta com apoio da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) na mobilização das entidades e empresas do setor da construção, tem contribuído para potencializar os efeitos das medidas de estímulo ao mercado imobiliário anunciadas em abril pelo governo para a manutenção e geração de novos empregos durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Um exemplo disso é que os meses de maio e junho registraram significativa elevação nas vendas de imóveis. Segundo o presidente da Comissão de Habitação de Interesse Social (CHIS) da CBIC, Carlos Henrique Passos, “a carência de 6 meses concedida pela Caixa e os benefícios oferecidos por cada incorporadora certamente foram fundamentais para esse resultado”, o que reforça a importância de estimular os compradores de imóveis a conhecerem a campanha e os incorporadores/vendedores que estão participando do projeto.

Com duração inicial de 60 dias e agora estendida para setembro, o Vem Morar contempla todos os segmentos imobiliários e garante ao comprador, na comercialização de imóveis pelas empresas do setor, o que segue:

  • Benefícios a partir de R$ 3 mil, oferecidos pelo incorporador/vendedor
  • Carência de seis meses para pagamento de financiamentos, concedida pela Caixa

Na avaliação do diretor de Relações Institucionais da Cury Construtora, Ronaldo Cury, as vendas de imóveis apresentaram resiliência após a adesão das empresas à campanha Vem Morar em todo o país. “Os clientes receberam muito bem os descontos oferecidos pelas empresas e prorrogações nos financiamentos oferecidas pela Caixa Econômica, deixando a venda do imóvel mais viável’, afirma.

Na mesma linha, o diretor da Mister Construções e Empreendimentos, Alan Vieira, declara que as vendas da empresa se sustentaram e até aumentaram. “Acho que foi a campanha mais certa que poderia ter sido feita. Sem ela, entendo que não conseguiríamos estar vendendo nada”.

As vendas da empresa do Grupo Echer também aumentam, segundo o diretor executivo Fausto Echer. “Tivemos aumento significativo de cerca de 30% a mais que no mês antecedente”. Para Fausto, a junção da campanha e as ações da empresa ajudaram na tomada de decisão de compra do cliente neste momento de pandemia. “Dar uma pausa nos pagamentos até que se veja uma nova perspectiva foi muito assertivo e fez com que nossas vendas aumentassem no meio desse caos que o Brasil está passando”, frisa.

O diretor do Grupo FV Mato Grosso/Rondônia, Edgar Veggi, reforça que os benefícios oferecidos surpreenderam os clientes da empresa. “O Vem Morar, que possui desconto mínimo de R$ 3 mil, atraiu clientes por ser uma campanha nacional. Quando eles nos procuraram e ficaram sabendo que o nosso desconto no MCMV era de R$ 8 mil e no Sicilia Médio Padrão de R$ 23 mil, podendo chegar a R$ 28 mil, se surpreenderam e isso ajuda muito para o fechamento do negócio”, declara.

No caso específico do prazo de seis meses, Edgar veggi ressalta que não houve adesão por se tratar somente da fase de obra e não das parcelas do financiamento, já que a empresa vende imóvel na planta.

 

Expectativas dos empresários com a prorrogação da campanha

“A prorrogação da campanha até 30 de setembro foi mais uma conquista do setor junto à Caixa, visando a retomada da economia e a manutenção dos empregos na construção civil”, Carlos Henrique Passos, presidente da CHIS/CBIC.

“Com a prorrogação da campanha esperamos que as vendas continuem apresentando a mesma resiliência”, diz Ronaldo Cury.

“A expectativa é a melhor possível. Não vejo outra campanha melhor”, menciona Alan Vieira.

“Esperamos melhorar nossas vendas, mesmo com a pandemia. Estamos muito otimistas, pois temos um ótimo produto e com entrada e prazo facilitados”, ressalta Edgar Veggy.

“Por via de regra, o segundo semestre é sempre melhor que o primeiro. Esse primeiro semestre de 2020 foi atípico, pois tivemos um número maior de vendas do que o segundo semestre de 2019. Ter a prorrogação da campanha até 30 de setembro poderá trazer um aumento ainda maior do número de vendas e contratações. Decisão muito acertada”, afirma Fausto Echer.

As empresas que ainda não aderiram à campanha ainda podem participar e compartilhar as hashtags #CBIC e #VemMorar.

Esta ação têm interface com o projeto ‘Melhorias do Mercado Imobiliário’ realizado pela CBIC, por meio das Comissões da Indústria Imobiliária (CII) e de Habitação de Interesse Social (CHIS), com a correalização do Serviço Nacional da Indústria (Senai).

Fonte: cbic.org.br

Publicidade

Veja também!

premiumART web sistemas