Publicado em 13/11/2023 às 15:59

374

Construção civil tem 5 mil MEIs em Maringá

Além de gerar quase 10 mil empregos com carteira assinada, a construção civil em Maringá é responsável por 5.038 Microempreendedores Individuais (MEIs). É o que revela um estudo do Sinduscon/PR-Noroeste depois de analisar a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAEs) dos 44.893 MEIs ativos. É o segundo setor que mais tem MEIs na cidade, atrás do comércio varejista e à frente da indústria de transformação. 

Dos microempreendedores individuais da construção civil, 1.775 trabalham com obras de alvenaria, 1.103 com instalação e manutenção elétrica, 852 com serviços de pintura de edifícios, 389 com aplicação de revestimentos e resinas e o restante realiza outras funções. 

É importante destacar os motivos que levam ao fechamento de MEIs. A quinta edição da Pesquisa Perfil do MEI, realizada no ano passado pelo Sebrae, revelou que não ter clientes, conseguir um emprego e a pandemia foram os motivos que mais resultaram no encerramento das atividades desse tipo em empreendedor em todo o país em todos os setores.

O MEI foi criado em 2006, pode ter faturamento anual de até R$ 81 mil, no máximo um empregado e não pode ser titular, sócio ou administrador de outra empresa.

Sua privacidade é importante para o Sindicato Da Indústria Da Construção Civil Do Paraná Região Noroeste – Sinduscon-PR/Noroeste.