Publicado em 14/10/2021 às 07:54

15

Estudo revela que 60% dos imóveis lançados em 2020 foram vendidos

A construção civil gerou em 2021, 926 empregos com carteira assinada em Maringá. São mais de 11 mil trabalhadores do setor na cidade, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho (Caged).

O ritmo de contratações deve seguir aquecido porque as vendas de imóveis também estão aquecidas.

A consultoria Brain realizou um estudo a pedido do Sindicato da Construção Civil (Sinduscon) e do Sebrae Paraná, e constatou que 60% dos imóveis lançados em 2020 foram comercializados. E as vendas continuaram em alta. No primeiro trimestre deste ano foram comercializadas 900 novas unidades na cidade.

Até 2026, serão 31.189 novos imóveis. A estimativa foi feita com base na taxa de crescimento demográfico de Maringá, que é de 3,1%, acima da taxa paranaense.

A qualidade de vida é um fator que estimula o crescimento. E para receber os novos habitantes a cidade se verticaliza.

O superintendente de uma construtora, Márcio Capristo, diz que pandemia acelerou as novidades e incorporou características aos novos edifícios. Um exemplo é o espaço adaptado para minimercados.[ouça o áudio acima]

E o potencial da cidade atrai também novas construtoras. O diretor comercial Rodrigo Cequinel representa uma empresa conhecida por empreendimentos de alto padrão em Balneário Camboriú e que está lançando o primeiro empreendimento em Maringá. 

A construtora vendeu em uma semana cinco unidades. O valor médio de cada imóvel é de R$ 4,5 milhões.

 

Fonte: CBN Maringá: https://www.cbnmaringa.com.br/noticia/estudo-revela-que-60-dos-imoveis-lancados-em-2020-foram-vendidos
Sua privacidade é importante para o Sindicato Da Indústria Da Construção Civil Do Paraná Região Noroeste – Sinduscon-PR/Noroeste.